categorias.

Quem Escreve.


about yourself here. :)
Normal | Bold | Strikeout | Italic | Underline | Link | big | small

Autores Parceiros.



Editoras Parceiras.


outros.

If you do not speak Portuguese-BR, click on your country flag to read the blog in your own language. Just remember that this translator is not perfectly correct, so it may have some errors.

free counters
Free counters
postagens recentes.
♦ Resenha - Destino ♦ Cine estreia 12/01 ♦ Agenda da semana ♦ na playlist - he is we ♦ Lançamento Literário - Janeiro/2012 ♦ #MEME - Meus favoritos ♦ [Resenha] Casório?! - Marian Keyes ♦ [Fixando Ficções] Cine Estreia 06/01 ♦ Batalhas de Capas - Quem é você, Alasca ? ♦ [Trocando conceitos] Resenha -Cidade dos Ossos
postagens.
♦ Dezembro 2011 ♦ Janeiro 2012 ♦ Fevereiro 2012 ♦ Março 2012 ♦ Abril 2012 ♦ Maio 2012 ♦ Junho 2012 ♦ Julho 2012
resenha - a princesinha
domingo, 15 de janeiro de 2012 @ 12:09 | back to the top.
Título: A princesinha
Autora: Frances Hodgon Burnett
Editora: 34
Páginas: 205
ISBN: 85-7326-016-5
Ano: 2000
Sinopse: A princesinha conta a história de Sara Crewe, uma menina rica que perde tudo quando lhe acontece uma terrível tragédia. Obrigada a trabalhar como empregada, a passar frio e fome, ela continua a preservar sua nobreza, e assim consegue manter seu orgulho e sua generosidade.


Fazia muito tempo que eu queria por as mãos nesse livro. O filme, de 1995 é encantador por si só, mas ler a este livro foi algo maravilhoso e inspirador, me vi sonhando e reinventando as cenas e estórias da senhoritazinha Sara Crewe, uma garota adorável, inteligente e imaginativa, que vivia com um pai amável, adorava ler, contar estórias, "fazer-de-conta" e tinha tudo, absolutamente tudo o que queria.
Sara era uma garota que vivia apenas com seu pai, o capitão Crewe, na Índia .E de repente, ela estava na cinzenta e fria Londres para morar em Seminário Seleto, longe de seu pai, com Miss Minchin e um monte de garotas. E até então, Sara tinha tudo, tinha amigas, vestidos caros e bem feitos, uma sala de brinquedos apenas para ela, sua boneca Emily, uma humildade e criatividade fora do comum, menos o afeto de Miss Minchin, que não entendia como uma menina tão mimada podia ainda assim ser tão querida.
Mas depois acontece algo que ela não esperava, e princesa Sara teve de se ver usando roupas velhas, morando em um sótão frio e solitário, trabalhando muito, comendo pouco, restando-lhe apenas sua boneca Emily... e sua imaginação.
A humildade, o orgulho, a esperança e a imaginação são predominantes no livro de Frances Hodgson. A narrativa dela desenrola facilmente, é rica em detalhes que nunca cansam, personagens incríveis e carismáticos, e quando você menos esperar, estará vivendo a estória como se fosse tão real quanto as estórias são para as amigas de Sara quando ela as conta. Em milhares de momentos eu me via, ora andando pelas ruas cinzas e enlameadas de Londres para levar recados, ora no sótão debaixo de cobertores muito finos no inverno ouvindo as estórias com Becky e Emengarde, ora ouvindo as broncas sem motivo da cozinheira, sentindo ao olhar frio e cruel de Miss Minchin. Tudo isso numa espécie de transe que te acompanha da primeira à última página.
A habilidade de contar estórias e fazer com que você as viva sem ao menos sair do lugar é invejável, e o mais adorável é que não é um dom apenas de Frances mas está marcado na personalidade de Sara, que torna todo o livro ainda mais encantador e "devorável" por assim dizer.
E no fim você vai querer que todos conheçam a estória linda da Princesa Sara, que mesmo perdendo tudo e virando praticamente uma mendiga, nunca deixou de ser uma princesa em sua imaginação.


" - Eu também não sou muito de responder - dizia Sara, para se consolar. Se eu puder evitar, não respondo. Quando estão insultando a gente, a melhor resposta é não dar uma palavra, só olhar e pensar. Miss Minchin quase desmaia de raiva quando faço isso. Miss Amélia fica com medo e as meninas também. Quando a gente não perde a calma, as pessoas sabem que a gente é mais forte que elas, porque consegue se controlar e elas ficam dizendo coisas estúpidas, de que depois se arrependem. Não existe nada tão forte como a raiva - a não ser o que faz você controlar a raiva, que é mais forte. É muito bom não responder nunca aos inimigos. Eu quase nunca respondo. Pode ser que Emily se pareça comigo. Pode ser que ela não queira responder nem aos amigos. Prefere guardar tudo no coração."

Outra coisa que vale muito a pena conferir é o filme de 1995, com o mesmo título:

Marcadores: , , ,

6 Comentários

6 Comentários:

Às 15 de janeiro de 2012 20:47 , Blogger Caio Rodrigues disse...

Linda a História Hohon :), Pena que sai no dia que você e a Ju assistiram o filme. Adorei a resenha.

Caio Rodrigues

 
Às 16 de janeiro de 2012 08:56 , Blogger Alquimia dos Romances disse...

Eu nem sabia da existência do livro... Pra mim era o só o filme. A menina que faz a princesinha continua atuando, mas só em produções menores, sem tanta visibilidade. Vou colocar na minha lista de desejados... BJS!

 
Às 17 de janeiro de 2012 06:47 , Blogger Mariane Silveira disse...

Que linda resenha. Depois de ver o filme, já estava querendo ler o livro mas não imaginava que fosse tão bom como você falou.

 
Às 18 de janeiro de 2012 15:50 , Blogger Bruno disse...

Nossa,muito boa essa resenha,eu ainda não tinha conhecimento sobre essa obra e gostei bastante.
Um forte Abraço!

Bruno
http://oexploradorcultural.blogspot.com

 
Às 19 de janeiro de 2012 07:02 , Blogger HONORATO, Sandro disse...

Hey :)
Gostei da resenha mas não conhecia o livro :O

Abraços

www.rimasdopreto.com

 
Às 31 de janeiro de 2012 11:14 , Blogger lena disse...

oiii...tdo bem adorei a sua resenha e realmente esse filme eh mto lindo...eu tbem quero ler o livro pra ter a mesma sensacaum de entrar na historia...kkk...tenha uma otima semana...bjos ate mais

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

seguidores.






blogs parceiros.
» Hoho'n » EuSouAssim » AmorImortal » MinhaVidaLiterária » LiteraryWorld » BooksAndOtherThings » RimasDoPreto » friend » friend » friend

promoções.



twitter.


Participamos.


credits.
Layout editado por mim, Caio Rodriues. Melhor visualização do layout: MOZILLA FIREFOX in a 1280x800px screen.