categorias.

Quem Escreve.


about yourself here. :)
Normal | Bold | Strikeout | Italic | Underline | Link | big | small

Autores Parceiros.



Editoras Parceiras.


outros.

If you do not speak Portuguese-BR, click on your country flag to read the blog in your own language. Just remember that this translator is not perfectly correct, so it may have some errors.

free counters
Free counters
postagens recentes.
♦ Resenha - Coração de Tinta ♦ [Filmes] Meia-Noite em Paris ♦ Lançamentos Literário - Março/2012 ♦ Promoção "1 Feliz 2, 1.000 e 12" - Linhas de Encan... ♦ Resultado do Sorteio - O1 Mês de Linhas de Encanto... ♦ [resenha] Um amor, um verão, e o milagre da vida -... ♦ [Resenha] Sherlock Holmes - Sir Arthur Conan Doyle... ♦ Entrevista com a Autora Camille Labanca ♦ [Resenha] Um amor para recordar - Nicholas Sparks ♦ Resenha - O Pequeno Príncipe
postagens.
♦ Dezembro 2011 ♦ Janeiro 2012 ♦ Fevereiro 2012 ♦ Março 2012 ♦ Abril 2012 ♦ Maio 2012 ♦ Junho 2012 ♦ Julho 2012
Anorexia - Diário de uma adolescente - Dominique Brand
domingo, 18 de março de 2012 @ 16:41 | back to the top.
Título: Anorexia
Subtítulo: Diário de Uma Adolescente
Autora: Dominique Brand
Editora: Elevação
ISBN: 8575130382
Páginas: 221
Ano: 2003

Este livro reproduz algumas passagens do antigo diário de adolescente de Dominique Brand, que dão testemunho do difícil e estranho caminho de uma enfermidade. As revelações para quem lê está nas emoções ingênuas, mas verdadeiras, de uma garota de catorze anos e seu trajeto para uma situação aparentemente absurda - a anorexia.

Bom, o livro conta a historia de uma menina que depois da perda da avó com quem ela mantinha uma relação de muito afeto, desenvolveu a famosa doença chamada anorexia.

Antes de qualquer coisa acredito ser necessário explicar um pouquinho desta doença, então colocarei uma breve explicação que pode ser encontrada no próprio livro:


Anorexia nervosa Trata-se de uma doença causada pela perda deliberada de peso do paciente. É mais comum no sexo feminino, sobretudo durante a fase da adolescência; porém, pode aparecer em mulheres e homens, independentemente da idade. Essa perda de peso não é resultado da falta de apetite, mas é causada pelo fato de negar a alimentação.

Normalmente, o paciente cisma com uma parte do corpo, o que o faz se enxergar sempre gordo, embora, por vezes, esteja no peso certo, ou até abaixo, desencadeando a chamada distorção da realidade. Com isso, a percepção da forma e/ou do tamanho do corpo sofre uma deturpação. O espelho, para as pessoas anoréxicas, nem sempre diz a verdade…

A autora consegue contar com muita clareza como a doença se desenvolve, e nós enxergamos tudo através dos olhos da própria protagonista, passamos pelos conflitos, angustias e preocupações que ela passa.

Ao longo do livro compreendemos que essas meninas não são loucas, ou procuram pelo corpo perfeito - talvez no começo - mas elas realmente se vêem assim, gordas, e é natural que elas queiram emagrecer quando acham que estão muito fora do peso.

O mais incrível é que quando a sua mãe diz que ela está super magra ela acha que só está dizendo isso para agradar, quando um menino diz a mesma coisa ela acha que ele está sendo irônico e quando as roupas não cabem mais ela acha que as roupas encolheram e ela ganhou peso.

A doença vem acompanhada com um grande sentimento de culpa e de solidão, pois por ter vergonha do corpo se esconde e quando come alguma coisa logo se arrepende depois.
É um livro muito bom para quem que realmente saber um pouco mais sobre a doença.

Pra mim foi uma leitura difícil, não pela estrutura do livro em si, mas, pela maneira como a doença é exposta. O assunto é muito sério e mesmo quando colocado de maneira não muito “pesada” é angustiante.

Ao ler as páginas deste livro e ao acompanhar a trajetória da menina, - uma adolescente apenas – em mim despertou uma vontade, ansiedade até, de conversar com ela e tentar mostrar que ela estava doente e que precisava se tratar.

Para algumas pessoas pode parecer um tanto quanto infantil por ser um diário e pela personagem ser ainda uma adolescente, mas isso só torna o problema mais evidente e preocupante.

Chega uma hora em que você fica desesperada pra resolver aquele problema de qualquer forma que seja, mas eu acredito que este livro seja indicado à qualquer tipo de pessoa proposta a conhecer a doença e a rotina de quem tem.

Quote
“Estou gordinha mesmo. Tenho 1,75m de altura e 46 quilos…”

Neste livro encontrei um pequeno poema que me acompanha desde então pois li este livro logo após a perda de meu avó, um segundo pai e m grande amigo e por isso me identifiquei, mesmo que um pouco com a personagem e com o poema.

 " Não olhe agora para o passado
Não veja o tempo que passou
Eles já se foram e chegou a hora de viver
Não olhe para o passado.
Permita que sua infância vá, só assim vai conseguir sua paz interior.
E você conseguirá liberar sua mente quando dormir
E você conseguirá libertar seu próprio choro
Não tenha medo você vai conseguir
Sua cabeça vai voltar ao lugar, você vai dar um adeus ao passado ruim.
Não fique triste, você tem um futuro te esperando
Pegue a minha mão
Seu show vai ser diferente."

Marcadores: ,

3 Comentários

3 Comentários:

Às 21 de março de 2012 13:02 , Blogger Nathy Miranda disse...

Eu fiquei angustiada só de ler sua resenha, realmente é um problema muito sério. Parece ser um bom livro e bem explicativo.

Abraços,
http://natocacomacoruja.blogspot.com/

 
Às 22 de março de 2012 06:15 , Blogger Rapha disse...

Nossa, o livro deve ser angustiante!!
Fiquei intrigada a ler, onde será que eu acho?

Beijocas
Rapha ~Doce Encanto

 
Às 27 de março de 2012 14:46 , Blogger Alinє Frєiтαs disse...

Muito boa sua resenha! Só comeu uma letra no fim do post na parte "um segundo pai e m grande amigo". Nunca me interessei em ler esse tipo de livro, confesso. Mas acho bom saber mais sobre o assunto do ponto de vista de quem realmente passa por isso. Vou comprar e ler e quem sabe passar para outras pessoas que se interessem pelo assunto.

Não tenho mais blog porque desisti de escrever e ninguém apreciar minhas "peripécias" e "fábulas". Mas tenho um Tumblr, onde de vez em quando acabo postando algo de minha autoria, mas muito pessoal. Sobre o que eu sinto e etc. Obrigada e qualquer coisa, só postar no meu skoob ou tumblr.

http://alinefreiitaas.tumblr.com/

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

seguidores.






blogs parceiros.
» Hoho'n » EuSouAssim » AmorImortal » MinhaVidaLiterária » LiteraryWorld » BooksAndOtherThings » RimasDoPreto » friend » friend » friend

promoções.



twitter.


Participamos.


credits.
Layout editado por mim, Caio Rodriues. Melhor visualização do layout: MOZILLA FIREFOX in a 1280x800px screen.